Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Corte e costura...

Vivo no presente, o passado está lá atrás, e é lá que pretendo que ele permaneça...o futuro virá e aqui estou eu de braços bem abertos e com um largo sorriso no rosto, ansiosamente à espera de o receber!

Corte e costura...

Vivo no presente, o passado está lá atrás, e é lá que pretendo que ele permaneça...o futuro virá e aqui estou eu de braços bem abertos e com um largo sorriso no rosto, ansiosamente à espera de o receber!

Esta noite tive um sonho...

Janeiro 21, 2014

Sem voltar atrás...

 

...sonhei que falava com Deus, em que nos tratámos por “tu”, abaixo se segue o diálogo.

 

Eu: “Às vezes parece que não me vês, que não me ouves...”

Deus: “Ainda no sábado disseste ao teu babe que nem tudo o que parece é e nem tudo o que é parece...”

Eu: “Pois disse, mas o babe é um ser humano e por conseguinte, um ser imperfeito, tu não!  És uma divindade, o pode tudo, o vê tudo, o está em todo o lado...”

Deus: “É mais ou menos por aí, mas vocês humanos não creem nisso na maioria dos casos, tal como tu não o crês verdadeiramente quando falas comigo, certo?”

Eu: “É verdade, mas fico sempre com uma réstia de esperança que me dás alguma atenção... ”

Deus: “E dou, ouço-te e também te dou respostas, mas mais uma vez, só vês e ouves o que queres ver, os sinais passam-te ao lado, e eu entendo o porquê!”

Eu: “Entendes? Continuas a gostar de mim mesmo sendo eu tão imperfeita e com tão pouca fé?”

Deus: “Se a tua filha te desiludisse e magoasse, deixarias de a amar com todas as tuas forças?”

Eu: “JAMAIS!”

Deus: “Ora...aí tens a tua resposta!”

Eu: “Eu peço-te tão pouco pá, não quero mais dinheiro do que aquele que ganho com o meu trabalho, embora uns trocos a mais soubessem pela vida, mas já viste bem o que eu quero na realidade? Não quero fama, nem riquezas, quero apenas...apenas aquilo que tu tão bem sabes...”

Deus: “E por acaso já me viste ou ouviste dizer que não?”

Eu: “Isso não é resposta, não para um Deus! Não dizes que não nem que sim, às vezes duvido mesmo da tua existência, desculpa ser sincera, mas tinha mesmo que te dizer isto!”

Deus: “Vocês humanos passam a vida a olhar para o vosso umbigo, são egoístas, egocêntricos e deixam de aproveitar o bom daquilo que têm, em função daquilo que querem ter! Entendes-me?”

Eu: “Eh lá, estamos a atacar? A pôr as garras de fora é? Eu preciso de consolo, não de palmadas! Não era suposto seres assim para mim Deus!”

Deus: “Pois é isso mesmo que por vezes me apetece, ir aí a baixo e dar-vos uma boas palmadas, não são vocês humanos que passam a vida a dizer que uma boa palmada no rabo dos vossos filhos a tempo e horas nunca fez mal a ninguém? Pois bem, muitos de vós é o que realmente merecem! Agridem-se, vivem sem respeito uns pelos outros, magoam-se e no final de tudo nem dão conta dos verdadeiros tesouros que têm nas vossas vidas!”

Eu: “Não te zangues comigo, por favor...”

Deus: ”Eu não estou zangado, apenas te estou a dizer as verdades, tal como tu me disseste a mim...desculpa também ser sincero! ”

Eu: “Uaaaau...Deus a pedir-me desculpa? Eu desculpo, mas voltando ao assunto inicial...tens ouvido o que te tenho pedido?”

Deus: “Não sou surdo...”

Eu: “Ótimo, então e porque é que continua tudo na mesma? E já agora, mas que respostas são essas vindas de um Deus? Falas de uma maneira muito à frente pá! :)”

Deus: “Também tenho o coração perto da boca, e tenho acompanhado o evoluir dos tempos e da linguagem, aguenta-te...pá :)! Sempre apressada esta minha filha, vive mais devagar, é hora de abrandar e verás que no momento certo terás o que me tens pedido...”

Eu: “Estou a ficar velha...e com tanto sono...desculpa não rezar...ou rezar tão pouco!”

Deus: ”Dorme então minha filha, já é tarde e amanhã tens mais um dia de trabalho pela frente...e sim, devias rezar mais, ou então cantar para mim, eu gosto de vos ouvir! Quanto a estares a ficar velha...tás com mais idade sim, mas não queiras na realidade saber o que é ser velho!”

Eu: “É...até amanhã...e não me deixes...não te esqueças de mim...”

Deus: “Nem tu a mim...não me deixes nem me esqueças! Vou estar sempre por perto...”

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Contagem

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D