Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Corte e costura...

Vivo no presente, o passado está lá atrás, e é lá que pretendo que ele permaneça...o futuro virá e aqui estou eu de braços bem abertos e com um largo sorriso no rosto, ansiosamente à espera de o receber!

Corte e costura...

Vivo no presente, o passado está lá atrás, e é lá que pretendo que ele permaneça...o futuro virá e aqui estou eu de braços bem abertos e com um largo sorriso no rosto, ansiosamente à espera de o receber!

TENHO UM GATO E ADORO!

Maio 22, 2012

Sem voltar atrás...

Foi precisamente na véspera do dia da mãe, que o novo membro da família chegou às nossas vidas! O seu nome é Zippy e completa no dia 1 do próximo mês, 3 mesinhos. Foi a surpresa (assim meio combinada entre mim e o Super “J”), para a pequena “M” me oferecer no dia da mãe! Bem, tenho que confessar, eu nunca tive animais domésticos, à exceção duns passaritos ou uns peixinhos, porque o Super Pai entendia que animais de 4 patas dentro de apartamentos, não era uma boa combinação. Depois de ter a minha própria casa, esse pensamento manteve-se, talvez um pouco influenciado por tudo o que ouvi ao longo dos anos, até que a Super mana, à cerca de 1 ano recebeu na sua casa, um gato, o “Charlie” e a partir daí…ahhhh…o meu desejo de abrir as portas da minha casa a um animal doméstico aumentou! O meu Super sobrinho “P”, aguçou-me ainda mais a ideia, ao falar-me duma loja que para além de dar gatinhos bebés para adoção, ainda ofereciam uma série de coisas, como comida e descontos nas consultas do veterinário…prontos…foi um click que se fez no meu cérebro e nunca mais consegui parar de pensar no assunto! Falei com o babe e combinámos que o iriamos buscar no fim semana do dia da mãe! Fomos mesmo…e agora saltando um bocadinho algumas partes da história, deixem-me dizer-vos, que abençoadas sejam as pessoas que gostam de animais, porque minhas amigas, eu não poderia nunca imaginar a lealdade, amizade e companhia que um animal de 4 patas traz às nossas vidas! Mas tem mais…se me contassem, eu talvez duvidasse, mas posso falar na primeira pessoa e confessar que o meu instinto maternal voltou à tona…verdade verdadinha, e podem até chamar-me de doida que eu não me importo nada, mas toda a preocupação, ansiedade e instinto de proteção que se tem para com os filhos, eu estou a sentir isso tudo em relação ao gato!

 

É absurdo? Epá, talvez seja, mas eu não me importo nada do que possam pensar! Ver no gatinho a alegria que sente quando chegamos a casa, a forma como ele me pede festas e mimos, o aconchego dos meus braços ou do meu colo que ele pede para adormecer…bem, é indiscritível a sensação! Adormeço com o seu ronronar e acordo muitas vezes a meio da noite com ele a lamber-me as mão ou a cara! Lealdade? Ahhhh…essa, apenas a encontrei na forma mais pura com o meu Zippy!

 

Tenho um gato e adoro! {#emotions_dlg.heart}

2 comentários

Comentar post

Contagem

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D