Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Corte e costura...

Vivo no presente, o passado está lá atrás, e é lá que pretendo que ele permaneça...o futuro virá e aqui estou eu de braços bem abertos e com um largo sorriso no rosto, ansiosamente à espera de o receber!

Corte e costura...

Vivo no presente, o passado está lá atrás, e é lá que pretendo que ele permaneça...o futuro virá e aqui estou eu de braços bem abertos e com um largo sorriso no rosto, ansiosamente à espera de o receber!

Quem disse que o amor não tem cor, cheiro e sabor?

Março 19, 2014

Sem voltar atrás...

"Deus é pai, é padrasto, é irmão, é companheiro, é amigo… E se me permitirem, sei que sou o “Deus Padrasto” da choné pequena cá de casa. Não tem o meu sangue, cromossomas, adn, fisionomia, mas epá, há dias que olho para ela, e por uns instantes quase que juro que fui eu que a fiz...não a fiz ..mas aos poucos vou “construindo-a”...vou “fazendo-a”...e essa coisa de  sangue, cromossomas, ADN, fisionomia em certos momentos e em certos instantes quase que por magia se desvanecem.

É neste cruzamento, em que à vezes, podemos confundir as coisas, que sei que estou no caminho certo...porque quero o melhor para ela, tal e qual como aquela frase feita “um pai quer o melhor para os seus filhos”.

As coisas, não são simples nem fáceis, mas também não sei responder o que é ser padrasto, porque a única resposta sensata e verdadeira que poderia dar, era, só não tenho essa coisa de “de  sangue, cromossomas, ADN, fisionomia”, tudo o resto tenho de sobra para dar e vender."

http://passeiosedesvaneiosdoschones.blogs.sapo.pt/

 

 

 

A ti babe:

 

 

A ti, que viste trazer às nossas vidas, tudo que nos faltava, a ti que dás mais do que podes, e talvez por medo, menos do que és capaz! Tens uma alma valente que se veio encaixar numa família já pronta. Não é para todos nem é para qualquer um! Tu tiveste a coragem (sim, porque é preciso ter coragem) de agarrar em mim e por arrasto naquilo que me pertence, e eu procuro, todos os dias, não me esquecer disso, atendendo ao que faço e ao que digo. Tu sabes que pisas em terreno frágil e ainda assim, não baixas os braços. E assim vais...dia a dia, passo a passo, conquistando espaço no coração da filha da tua esposa...com extraordinária habilidade, vais dizendo o que pensas e o que seria melhor! Por teres assumido uma filha que não é tua, da tua carne nem do teu sangue, como se tua filha fosse, já alcançaste lugar privilegiado nos nossos corações! Por isso, quando pensamos em homenagear os pais, hoje eu decidi homenagear essa figura ímpar que tu e só tu representas! Aquele que a mãe e a filha descobriram que é tão importante nas suas vidas, que a sua presença é tão especial que parece que ele sempre esteve ali! Obrigado por existires e por preencheres todos os vazios que existem em nós! Amamos-te por tudo o que és, por tudo o que representas, porque embora não tendo a obrigação, tens a responsabilidade e ambas sabemos que a assumes com o coração e com a alma! Obrigado babe porque sem ti a minha/nossa vida deixaria de fazer sentido!

 

More than words

Março 13, 2014

Sem voltar atrás...

"Saying "I love you"
Is not the words I want to hear from you
It's not that I want you not to say
But if you only know
How easy it would be to show me how you feel

More than words
Is all you have to do to make it real
Then you wouldn't have to say
That you love me, 'cause I'd already know

What would you do if my heart was torn in two?

More than words to show you feel
That your love for me is real

What would you say if I took those words away?

Then you couldn't make things new
Just by saying "I love you"

Now that I've tried to
Talk to you and make you understand
All you have to do is
Close your eyes and just reach out your hands
And touch me, hold me close
Don't ever let me go"...

 

Babe, há mais marés que marinheiros!

Março 07, 2014

Sem voltar atrás...

"Ter uma família é uma bênção, mas ter uma como a minha, é um presente divino. Por isso, tenho a certeza absoluta que tudo pode faltar, tudo poderá falhar, mas nunca, nunca mesmo, faltará o amor da minha família, vibrando com as minhas conquistas e amparando-me quando atravesso as noites escuras da vida. Ter essa certeza faz de mim um homem mais forte e mais feliz!"

 

 

O ser humano para além de altamente egoísta, vive e respira ilusões. A maioria de nós, não quer saber da política, está-se bem a marimbar para as catástrofes alheias (que até poderiam ser nossas ou vir a ser), e desde que estejamos bem, o mundo poderia acabar que o nosso continuaria. Pelo menos, gostamos de acreditar nisso. O ser humano na generalidade é assim...
Esquecemo-nos que somos todos feitos do mesmo barro. Que o mal do outro, pode bem ser o nosso. E que na vida, há mais momentos de azar em que nos safamos por sorte, do que momentos de sorte que acabam realmente bem.

Dói-me a alma ver-te assim. Misterioso nos sentimentos e desacreditado no poder dos que te rodeiam, em te surpreender pela positiva.

Esquecido que o tempo cura mesmo quando não se quer. Que o tempo apaga os maus momentos deixando apenas a lição. E que se assim não fosse, morreríamos de todas as vezes que nos desiludem.

Acreditarias se te dissesse que há vida fora do teu mundo? Que as pessoas são más por natureza e crueis na sua essência? Que a vida não acabou ali e que o que é nosso, à nossa mão vem parar? Podia dizer-te tantas coisas...tens que continuar, tens que seguir, e dar o devido valor ao/a que/quem merece e a dares menos atenção a que/quem não merece! Como costumo dizer babe, as coisas e as pessoas apenas têm a importância que nós lhes atribuímos, e tu babe, tu és muito mais e melhor do que julgas ser! Ti amo...hoje, sempre e para sempre! {#emotions_dlg.heart}

O MILAGRE DA VIDA - Parte IV

Março 04, 2014

Sem voltar atrás...

Ontem foi dia de consulta no Hospital de Santa-Maria, após o último negativo em Janeiro passado, lá fui mais uma vez. Ontem o serviço estava à “pinha”, cheguei era 7H40 e consegui a senha número 8, o que me valeu uma espera de 3h sensivelmente até ser chamada. Tendo em consideração que os médicos só começaram a dar consulta às 10H00 até que não foi muito mau! À hora que eu saí de lá, já tinham sido dadas 28 senhas para a consulta de apoio à fertilidade...é dose minhas amigas, é dose!

Naquela sala de espera o ambiente é pesado, em todos os rostos é presente a mesma angústia, a mesma ansiedade, a mesma inquietação, a tristeza salta à vista, mas o que nos une, torna-nos cúmplices mesmo sem falarmos...os pequenos sorrisos que dirigimos umas às outras dizem tudo e falam por nós! Desta vez a consulta foi com a Dr.ª Sandra, óvulos bons, esperma ótimo (apesar de pouca quantidade em virtude do babe ter perdido a primeira parte do ejaculado), enfim...resta-nos uma IIU, que avançaremos no próximo ciclo (se conseguir vaga, claro), a boa notícia é que já estão a chamar as meninas que estão na minha página da lista de espera para FIV! Pelo menos uma boa notícia! Já trouxe comigo as requisições para as análises necessárias, e se não engravidar no próximo tratamento, avançamos para FIV (Fertilização in-vitro)! Saí de lá com as energias e forças reforçadas, o que é típico a cada consulta! A espera continua, não sei onde vou arranjar a coragem, o que sei é que enquanto me for permitido, não baixarei os braços! O processo para FIV é diferente dos que tenho vindo a fazer, e muito honestamente não me quero para já debruçar sobre a medicação e procedimentos, apesar de não conseguir controlar a curiosidade e já ter dado uma espreitadela pela web...tenho que aguardar, e tentar viver um dia de cada vez, passo a passo! O melhor ainda está para vir!

 

Pág. 2/2

Contagem

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub