Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Corte e costura...

Vivo no presente, o passado está lá atrás, e é lá que pretendo que ele permaneça...o futuro virá e aqui estou eu de braços bem abertos e com um largo sorriso no rosto, ansiosamente à espera de o receber!

Corte e costura...

Vivo no presente, o passado está lá atrás, e é lá que pretendo que ele permaneça...o futuro virá e aqui estou eu de braços bem abertos e com um largo sorriso no rosto, ansiosamente à espera de o receber!

2 anos de "Corte e Costura"

Outubro 22, 2013

Sem voltar atrás...

Deixei passar em branco uma data deveras importante, pelo menos para mim...no passado dia 4 de Outubro, o meu blog completou 2 aninhos, e mesmo já fora da data, não posso deixar de escrever a esse respeito! Recuando 2 anos, naquela altura tinha sido colocada à pouco mais de 1 mês no meu actual posto de trabalho, tudo era novo, tudo era estranho, papéis e mais papéis mas também muitas horas mortas. O Facebook e o Youtube tinham sido bloqueados, ler livros em plena hora de expediente, estava fora de questão, atirar “larachas” para o ar não era uma solução viável visto que pouco ou nada conhecia do pessoal, e a confiança criada era quase nula. Como fazer então para preencher as ditas horas mortas sem desviar muito a atenção dos que me rodeavam? Naquela altura eu precisava com urgência de ocupar a minha cabeça e não me dedicar com pensamentos que naquela fase só me atiravam para baixo, de modo que pensei em criar um blog e atirar-me de cabeça pela blogosfera! Se bem o pensei, melhor o fiz! Inicialmente foi o caos, não sabia para onde me virar, deparei-me com uma série de expressões novas que nada me diziam, até que com algum esforço, empenho e em boa verdade vos digo, muitas horas a mexer e a remexer no blog, lá me consegui a pouco e pouco ir familiarizando com este mundo! Inicialmente, foi a forma que encontrei de desanuviar a cabeça, depois comecei a sentir que ali ou melhor, aqui, podia “falar” sem que viesse alguém por trás fazer juízos de valor ou condenações, até que tomei-lhe o gosto! Desde muito cedo que sempre gostei de ler e de escrever, mas nunca tinha parado para pensar que talvez alguém gostasse de ler aquilo que eu escrevia! Daí a tornar diário o hábito de vir aqui, foi um saltinho de pardal. Em Dezembro do mesmo ano, conheci o babe, e foi das primeiras coisas que lhe dei a conhecer, este meu mundo. Fiquei impressionada com a profundidade com que as minhas palavras tocaram o babe, e nunca mais parei de escrever. Pode parecer um pouco cliché, mas à semelhança de muita gente, eu quero sim que o meu blog, um dia vire um livro! Não para ser comercializado, ou obter protagonismo, mas para dar a conhecer aos meus, à pequena “M”, um lado da minha vida que apenas o babe e as amigas virtuais conhecem, esta sou eu na mais pura essência, este blog é parte de mim, da minha vida e um dia quando partir, quero deixar para memória futura, tudo aquilo que um dia eu fui como mulher mas principalmente como ser humano que sou. Um obrigado enorme a todos os que me seguem e me leem, é com vocês que eu partilho as alegrias, as tristezas, os tormentos, as ironias, o sarcasmo e um sem fim de emoções. Não deixem de estar por aí, eu estarei por aqui com toda a certeza.

PS: Um obrigado especial ao babe, que sabe ler nas entrelinhas e reconhece o meu sarcasmo e a minha ironia em tantos post’s. Obrigado por tantas vezes manteres o silêncio, eu sei que tu lês e percebes os meus "toquezinhos"e tu sabes porque o escrevo {#emotions_dlg.blink}! Ti amo.

 

SONHO vs MEDO

Outubro 18, 2013

Sem voltar atrás...

Eu tenho medo de deixar passar o tempo e não me ver nele. De olhar muito para a frente, ou muito para trás, ou muito para qualquer outra direção. E acabar por me esquecer de olhar ao espelho. De reparar nas marcas do rosto, nos contornos do nariz que se vão modificando ano após ano. Tenho um grande receio de me perder ao não saber mais dizer a cor dos meus olhos – ou pior: de não saber mais se eles ainda brilham por alguma coisa apaixonante. Sem contar com o medo de poder vir a  ter rugas no coração. As nossas motivações diárias acabam tornando- se mecânicas. Somos iludidos pela premissa de que as rédeas da nossa vida são nossas de verdade. Deveres e responsabilidades tiram o lugar especial que os sonhos tinham. Mas nós acabamos por nos tornar tudo aquilo que negávamos ser: descrentes no que realmente queremos viver. E assusta- me mais ainda  que os meus sonhos sejam tão descartáveis como copos ou pratos que se deitam fora após uma festa lá em casa. Corredores que somos (porque é assim que me vejo), acabamos por esquecer qual é a corrida que vale mesmo a pena. Mesmo que a corrida exija que paremos um pouco para respirar ou que mudemos de passeio no meio do caminho. O meu receio é de que estejamos pouco a pouco, a matar os nossos sonhos. Pequenos pormenores fazem a diferença, resta-nos saber identificá-los. Agente esconde-se  atrás das obrigações sociais do dia a dia e utilizamo-las como desculpas para depois, para o que ficou por fazer e por dizer. Lembro-me que quando era miuda, tinha um medo brutal do escuro. Era só fechar os olhos que a imaginação fazia- me ver um mundo de possibilidades que variava de monstros, a seres especiais de outras dimensões. Os sonhos não mudam, assim como os meus medos não desapareçam. O que mudou foi a capacidade de lidar com eles. Aos 10, aos 20, aos 35 e aos 50, os sonhos e os medos simplesmente se mantêm por lá...num recanto do nosso imaginário, mas agente parece esquecer- se  disso e continuamos com o campo de visão limitado num ângulo pouco menor que 90 graus. A minha dor é que um dia eu não consegua ver além dos meus olhos. E nesse meio tempo, eu tenho medo de me perder dos sonhos encaixotados, da infância risonha, da espontaneidade diária e de tudo aquilo que foi feito para fazer girar a vida.

 

The only one...

Outubro 17, 2013

Sem voltar atrás...

“Tu serás para mim único no mundo e eu serei para ti única no mundo!”

 

O Pequeno Príncipe - Antoine de Saint-Exupéry 

 

QUEM ESPERA DESESPERA (Parte VI)

Outubro 16, 2013

Sem voltar atrás...

E quando pensávamos que o tormento tinha chegado ao fim...eis que surge mais um grande obstáculo...o que trancrevo abaixo, é parte da história da minha e da vida do Super "J". Custa-me ver o babe exposto desta forma, mas já não existem mãos suficientes para nos tapar a boca! Justiça seja feita!

"Ti Amo...hoje e sempre!"

 

 

 

"O Comando-geral da GNR deverá recusar apoio judiciário ao militar da instituição que, em outubro de 2010, matou um ladrão de cobre a tiro numa perseguição, em Porto de Mós, por "falta de enquadramento legal". Isto depois de o guarda ter pedido apoio para o pagamento de custas do processo, que rondam os seis mil euros.

"Não se justifica a concessão de apoio judiciário por estarmos perante uma violação grosseira dos deveres funcionais praticada pelo requerente", refere a decisão, que sugere ao militar o pagamento das custas a prestações.

A decisão da GNR é criticada pelos dirigentes das principais associações sindicais, que, no entanto, não ficaram surpreendidos. "É um procedimento normal, mas está errado, pois devia ser a instituição a disponibilizar o gabinete jurídico", disse ao CM César Nogueira, da Associação dos Profissionais da Guarda. Já José Alho, da Associação Socioprofissional Independente da Guarda, explicou que "infelizmente" a GNR "não costuma pagar. É uma tristeza, os militares ficam sem proteção".

A morte do assaltante valeu ao guarda José Pinto a condenação a um ano de cadeia, suspensa por igual período, por homicídio por negligência, no Tribunal de Porto de Mós."

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/portugal/militar-da-gnr-que-matou-ladrao-fica-sem-apoio

 

(In) Justiça

Outubro 16, 2013

Sem voltar atrás...

"Diz-me, que pode fazer um homem,
quando as portas estam fechadas
e as ajudas não chegam...
Diz-me, se uma mulher
não é dona do seu corpo
e se dá tudo para o torto...
Diz-me se fazem as leis por medida
para ficarem na gaveta
e nos fazerem de tolos...                              

Diz-me, se estão a favor da guerra
e deixam de lado a terra
e vão-se esquecendo de ti...
Diz-me, se o que parece é
vivemos fora de pé
num completo desgoverno...

Então? Tem que haver informação
tem de haver partcipação
na vida de todos nós...
e tu se isto não te diz nada
olha para a rapaziada
vê a vida que o povo tem..."

 

(DIZ-ME – Xutos e Pontapés)

 

O MILAGRE DA VIDA - Parte I

Outubro 10, 2013

Sem voltar atrás...

 

A natureza nem sempre se encarrega de fazer sozinha, por si só, aquilo que deveria, sem ajudas nem empurrões. Só que por vezes é o que acontece, e por isso mesmo existe a tecnologia e a medicina para lhe dar uma pequena ajuda. Aqui vos deixo parte da minha/nossa luta, parte da minha/nossa história...e rezo para que tudo corra bem...pelo menos da próxima vez!

 

“A reprodução medicamente assistida (RMA), também chamada procriação medicamente assistida (PMA) é o processo segundo o qual são utilizadas diferentes técnicas médicas para auxiliar à reprodução humana. A inseminação Intrauterina (IIU) consiste em depositar os espermatozoides, previamente capacitados em laboratório, no interior do útero, usando meios artificiais.”

 

1º CICLO IIU  Setembro 2013

 

6 de Setembro,  1º dia do Ciclo – Menstruação;

10 de Setembro, 5º dia do ciclo – Injeção 150ml “Gonal F” (Objectivo: estimular os meus ovários);

12 de Setembro, 7º dia do ciclo - Injeção 150ml “Gonal F”;

14 de Setembro, 9º dia do ciclo - Injeção 150ml “Gonal F”;

17 de Setembro, 12º dia do ciclo – 08h30, Consulta Hospital Santa Maria, Serviço de Infertilidade – Avaliação e monitorização do endométrio e confirmação da existência de folículos. Dois folículos, um de 17mm e outro de 14mm. 23H30, injeção “Pregnyl” (Objectivo: fazer eclodir os folículos a fim de libertar os óvulos.) Abstinência sexual;

19 de Setembro, 14º dia do ciclo. 08h00, laboratório reprodução humana no Hospital Santa Maria. Recolha esperma. 11h30, de volta ao laboratório reprodução humana, é feita a Inseminação propriamente dita. 30m de repouso absoluto. Vida normal a partir daí;

21 de Setembro , 16º dia do ciclo – Aplicação via vaginal 300mg “Uterogestan - Progesterona” (objetivo: fortalecer as  paredes do útero, para uma eventual implantação de um embrião);

02 de Outubro, 26º dia do ciclo – 13 dias depois da inseminação – 06h45 Teste Gravidez Urina – Resultado (-)  {#emotions_dlg.sad}Negativo - 10h00 Menstruação.{#emotions_dlg.cry}

 

E assim se fechou este primeiro ciclo...aguardamos de coração nas mãos a próxima consulta dia 05 Novembro.

 

 

Contagem

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D