Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Corte e costura...

Vivo no presente, o passado está lá atrás, e é lá que pretendo que ele permaneça...o futuro virá e aqui estou eu de braços bem abertos e com um largo sorriso no rosto, ansiosamente à espera de o receber!

Corte e costura...

Vivo no presente, o passado está lá atrás, e é lá que pretendo que ele permaneça...o futuro virá e aqui estou eu de braços bem abertos e com um largo sorriso no rosto, ansiosamente à espera de o receber!

Tão simples quanto isso!

Dezembro 28, 2012

Sem voltar atrás...

"Guarda os teus olhos para quem os fará chorar por um momento de felicidade, não de tristeza, por momentos de verdades, não de duvidas ou inseguranças. Olha-te no espelho e vê o que apenas eu vejo em ti!"

Cristiano Deon

 

 

As pessoas, por vezes, falam muito e dizem muitas coisas. Só que tudo na vida se lê nas entrelinhas...tudo! De pouco ou nada serve um discurso bonito se vazio de conteúdo ou expressão prática. É que as pessoas, mais do que pelas palavras, medem-se sobretudo pelos gestos, pelo que fazem ou não fazem em cada momento. Pela disponibilidade e pelas escolhas… sim, as pessoas também se revelam pelas escolhas. Tal como pelos afectos. O amor nem sempre se revela em grandiosas manifestações. O amor revela-se a cada dia, todos os dias, e sempre nos detalhes, nos mais pequenos pormenores…e  na importância que se dá aos mesmos. Ou não!

Tão simples quanto isso! {#emotions_dlg.blink}

Amo-te Por Todas as Razões e Mais Uma...

Dezembro 27, 2012

Sem voltar atrás...

"(...) Porque nunca existe apenas uma razão para amar alguém. Porque não pode haver nem há só uma razão para te amar. 
Amo-te porque me fascinas e porque me libertas e porque me fazes sentir bem. E porque me surpreendes e porque enches a minha alma de mar e o meu espírito de sol e o meu corpo de fadiga. E porque me confundes e porque me enfureces e porque me iluminas e porque me deslumbras!
Amo-te porque quero amar-te e porque tenho necessidade de te amar e porque amar-te é uma aventura. Amo-te porque sim, mas também porque não e, quem sabe, também porque talvez. E por todas as razões que sei e pelas que não sei e por aquelas que nunca virei a conhecer. E porque te conheço e porque me conheço. E porque te adivinho. Estas são todas as razões. 
Mas há mais uma: porque não pode existir outro como tu!"

(Joaquim Pessoa, in 'Ano Comum' )

 

AFINAL, UMA MULHER CHORA OU NÃO CHORA?

Dezembro 26, 2012

Sem voltar atrás...

"A história da mulher é a história da pior tirania que o mundo conheceu: a tirania do mais fraco sobre o mais forte."

Oscar Wilde

 

 

(...) não...uma mulher não chora! Uma mulher não deve chorar, aliás, uma mulher nem tem tempo para chorar, façam elas o que fizerem!

...e não, não sou feminista, sou apenas pragmática!

O Natal e o mês de Dezembro

Dezembro 21, 2012

Sem voltar atrás...

 

Quer queiramos quer não, todos associamos o mês de Dezembro ao Natal, pois para mim, este mês tem muito mais a dizer do que apenas a época festiva. Os momentos mais marcantes da minha vida, passaram-se quase todos no mês de Dezembro (vá-se lá saber porquê), de modo que quando chega esta altura, a juntar à magia do Natal, encontro em mim uma série de emoções que me trazem à flor da pele, momentos que fazem parte do passado, mas que por um motivo ou por outro, permanecem na minha memória!

Nesta altura do ano, toda a gente fica mais sensível...sensível às necessidades dos outros, às famílias mais carenciadas que não poderão ter na noite de 24 uma mesa recheada de comida, às crianças que não terão os tão desejados brinquedos, há ainda aqueles que ficam mais sensíveis a outras causas, como a paz mundial, os animais abandonados, enfim, uma panóplia de situações que parecem emergir na consciência humana, apenas nesta época! Eu não sou diferente dos demais, e de facto o que mais me custa nestes dias é pensar nas crianças mais necessitadas, porque afinal, o Natal é delas!

Na noite de Natal, sinto um misto de emoções que vão desde a alegria extrema, à tristeza profunda! Penso naqueles que já não estão e que eu trocaria tudo e qualquer coisa para que pelo menos naquela noite pudessem estar...penso nos meus avós e nos meus tios que já partiram, penso nas noites de Natal em que eu era criança, e que saltitávamos da casa dos meus avós para a casa dos meus tios, que regra geral passávamos a meia-noite na rua e a alegria era imensa! Penso no meu pai e na minha mãe que após chegarmos a nossa casa finalmente, nos ajudavam a mim e à Super mana a pôr as prendas em cima do fogão (porque não existia lareira) e depois um sapatinho em cima do monte...no dia 25 de manhã era quando abríamos as prendas, e a alegria era contagiante!

O meu Natal hoje, é muito diferente do daqueles tempos, nós crescemos, os hábitos mudaram e a magia perdeu-se um pouco! Hoje, o Natal tem um significado diferente do que tinha naquela altura, no entanto, continuo a sentir parte das mesmas emoções!

Desejo que o vosso Natal seja passado entre aqueles que vocês mais amam...o meu vai ser com toda a certeza!

ROLETA RUSSA

Dezembro 20, 2012

Sem voltar atrás...

A ansiedade começa a consumir-me...um desesperante silêncio paira no ar, cada um de nós com os nossos pensamentos, os nossos medos, as nossas angústias...compenetrados em nós mesmos, a tentar controlar as emoções. Encosto a cabeça à parede, fecho os olhos e penso nesta angustiante espera, o medo do desconhecido fere o mais profundo de mim, o meu coração palpita mais rápido, a respiração torna-se mais profunda, o corpo mais letárgico...preciso controlar os meus pensamentos...volto a pensar em ti, no que significas para mim, como tudo aconteceu, como nos conhecemos e o meu rosto esboça um terno sorriso, suavizando esta maldita espera que não termina!
O meu rosto continua a sorrir, emocionado, o teu rosto permanece no meu pensamento, a tua voz soa como uma alucinação auditiva, o teu sorriso, ahhh babe...esse teu sorriso alenta a minha tristeza, a minha impaciência, o meu desespero!
Volto a pensar em ti e no meu cérebro ecoa uma frase:
“Ainda bem que te amo e não interessam os porquês...nem tão pouco o que virá”.

 

 

 “Babe, precisas acreditar que tudo vai correr bem, porque eu própria preciso que penses assim, que isto vai passar rápido e que daqui por uns tempos poderemos respirar fundo! Também eu ando impaciente, nervosa, preocupada, angustiada...simplesmente não te mostro a roleta russa em que andam as minhas emoções...porque te Amo e porque não te quero ver ainda mais ansioso! Se quiseres falar, eu estou por aqui...sempre e incondicionalmente, tu sabes disso! Não te julgo, nem condeno por vezes a tua “ausência” e a tua “distância”, estou atenta e presente...e mais uma vez te digo, Amo-te muito! Hoje, sempre e para sempre!”

É VOÇÊ...

Dezembro 19, 2012

Sem voltar atrás...

 

"É você
Só você
Que na vida vai comigo agora
Nós dois na floresta e no salão
Nada mais
Deita no meu peito e me devora
Na vida só resta seguir
Um risco, um passo, um gesto rio afora

É você
Só você
Que invadiu o centro do espelho
Nós dois na biblioteca e no salão
Ninguém mais
Deita no meu peito e se demora
Na vida só resta seguir
Um risco, um passo, um gesto rio afora
Na vida só resta seguir
Um ritmo, um pacto e o resto rio afora..."

 

(Marisa Monte - Tribalistas)

A magia deste Amor!

Dezembro 18, 2012

Sem voltar atrás...

"Quando estás por perto, é como se fizesses brilhar um sol em céu de tempestade! Como se transformasses um pesadelo no mais lindo sonho! És como uma doce mágica pra mim."

(Augusto Branco)

 

SONJA

Dezembro 17, 2012

Sem voltar atrás...

"Sozinha não posso mudar o mundo, mas posso lançar uma pedra sobre as águas e fazer muitas ondulações."

 (Madre Teresa)

 

 

 

COISAS QUE APRENDI...

Dezembro 17, 2012

Sem voltar atrás...

 

Somos finos como papel. Existimos por acaso e temporariamente. E esta é a melhor e a pior parte, o fator temporal. E não há nada que se possa fazer sobre isso. Você pode sentar no topo de uma montanha e meditar por décadas e nada vai mudar. Você pode mudar a si mesmo para ser aceitável, mas talvez isso também esteja errado. Talvez pensemos demais. Sinta mais, pense menos.”

 

(Autor desconhecido)

 

 

 

 

Vocês querem realmente saber o que eu aprendi ao longo da vida?

Aprendi que as rotinas são as maiores batalhas que enfrentamos diariamente, que o Amor e as Amizades, não são bem um conto de fadas como contam os livros e os filmes, aprendi que existem mais baixos do que altos, mas que são os baixos que fazem cada momento dos altos valerem a pena!

Aprendi que hábitos podem e devem ser alterados, que quebrar as regras e sair do nosso espaço seguro e de conforto faz com que nos sintamos mais fortalecidos, aprendi que a coragem adquire-se ao longo da vida e a cada nova etapa!

Aprendi a não dar nada como certo nem como garantido, que o que hoje é bom poderá ser mau amanhã! Que as pessoas que realmente amamos estarão sempre “ali”, que pouco importa a distância que me separa delas...aprendi que preciso de muito pouco para ser feliz!

Aprendi que a vida não para porque me afastei de velhos hábitos e criei novos, que a dependência não é saudável, que posso ser feliz longe dos meus pilares e daqueles que são a base da minha estabilidade! Aprendi que os meus valores e princípios se fortalecem à medida que os anos passam!

Aprendi a ser mais comedida nas minhas palavras, nas minhas reações...aprendi a estar calada quando sei que é o mais acertado e a falar na oportunidade que me pareça mais conveniente!

Aprendi que a vida é feita de ciclos, de fases e descobri que é bom que assim seja! Aprendi a tirar partido de tudo o que magoa ou me deixa feliz e que a vida é bela, que é magnífica a sensação de estar vivo e que isto é apenas uma passagem!

 

ELE É...

Dezembro 14, 2012

Sem voltar atrás...

 

Ele pode não ser o homem mais bonito do mundo, mas a beleza não faz falta, porque pra mim isso é o que menos importa. Ele sabe ser homem, sabe me arrepiar com um toque, e isso por si só fascina-me. Ele não é um príncipe encantado que fugiu dos livros, nem tem um cavalo branco, mas acreditem, ele é um ser maravilhoso! Ele vale a pena…faz por mim o que homem nenhum fez em toda a minha vida. Sim, ele tem os seus defeitos que se transformam em qualidades diante do que eu sinto. Ele é tudo que eu nunca imaginei ter, e mais...então, tudo o que sobra não importa, dinheiro não importa, os amuos passam e deixam de ter importância! O caráter dele fala mais alto. Ele abraça-me e é como se o meu mundo inteiro estivesse seguro. Ele me acalma, e uma paz reina dentro de mim...um beijo dele me deixa louca. Ele me ama, e todos os dias faz questão de o demonstrar. Como num filme, duas pessoas perdidas e frustradas, desencantadas da vida, e desacreditadas no amor, se encontram e formam um casal apaixonado. E transformam-se em duas pessoas que se respeitam, que se entendem, que se completam, e que se amam. Amor repentino, que não dói, que não mata, e que me cura!”

 

(É isto babe...e tudo o mais que fica por dizer! Faz hoje 1 ano que nos olhamos a primeira vez, que nos abraçamos e que nos apaixonamos ao primeiro abraço! Ti amo por demais!)

Pág. 1/2

Contagem

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D