Sexta-feira, 7 de Fevereiro de 2014

O MILAGRE DA VIDA - Parte III

Dedico este post a uma "amiga" virtual, Sofia Pina, que lutou durante 20 anos contra a infertilidade. Perdeu as suas gémeas com 20 semanas de gestação e ainda assim não baixou os braços. Hoje tem a sua Martinha nos braços e é o maior exemplo para todas as que como eu, lutamos contra a infertilidade e conhecemos de cor os seus efeitos! Um grande beijinho para ela, és a maior! {#emotions_dlg.lips}

 

 

Há dias assim, não há que esconder
Recear palavras, amar ou sofrer
Ocultar sentidos, fingir que não há
Há dias perdidos entre cá e lá...

Sei que um dia saberás que a vida é uma só
Não volta atrás

Quem nos pôs assim?

A vida rasgada
Quem te me levou? Roubou-me a alma
Mas de ti não sabe nada..."

 

(Filipa Azevedo – Há dias assim.)

 

 

A espera é longa, sombria, desesperante, traz duvidas, incertezas...a espera mata-nos pouco a pouco, assombra-nos os pensamentos e turva-nos a esperança! Esperar...esperar...pelas consultas, pelo início de um novo ciclo...esperar que a menstruação apareça (ou que não apareça), esperar que exista vaga para nós naquele mês, esperar pelo início dos tratamentos, esperar pelo dia da ecografia, esperar que se tenham desenvolvido os folículos com o tamanho mínimo exigido...esperar que não existam mais do que duas punções no dia marcado (pois o laboratório apenas faz duas inseminações ou punções por dia. No Serviço Público é assim!), esperar pelo dia da inseminação, esperar no mínimo 12 dias antes de fazer o teste, esperar que apareça um positivo...e continuar a esperar...ciclo após ciclo, com o coração cada vez mais apertadinho! Alguém me ensina como lutar contra o diagnóstico de "Infertilidade Inexplicada"? O tempo não pára e a vida não espera! Estou próxima de completar 39 anos e não sei até onde poderei ir no serviço público! Não há dinheiro para tratamentos no particular, os custos são elevadíssimos sem garantia de sucesso...fazer o quê? Continuar à espera...há dias mais difíceis que outros (hoje é um exemplo de dia menos bom), são anos, meses de espera...a infertilidade dói, dói sim, e é uma dor imensa que não consigo traduzir em palavras...o olhar fica perdido por entre tantas mulheres grávidas que se cruzam comigo diariamente, não consigo esconder o sentimento de inveja que me assalta, e sinto-me a pior pessoa do mundo por isso! A espera vai continuar...até quando? Até que se me esgotem as forças, até lá resta-me continuar a acreditar que este Amor, este Amor imenso que trago no meu coração, um dia estará nos meus braços e a gritar ao mundo que valeu a espera! {#emotions_dlg.away}

publicado por Sem voltar atrás... às 12:20

link do post | Falem... | favorito
|
2 comentários:
De Joana a 7 de Fevereiro de 2014 às 21:34
Como te compreendo...
Beijinho
De sonhoterumfilho a 10 de Fevereiro de 2014 às 22:44
Obrigada amiga, de coração. Como sabes, sei bem o que sentes, e já falamos muitas vezes sobre isso...a revolta, a impotência, o desacreditar, os negativos, as perdas...é sofrimento demais, mas, na infertilidade é mesmo viver um dia de cada vez e se hoje é mau, amanhã será melhor, e vai ser e é assim que vamos indo buscar forças para aguentarmos.
Hoje olho para tràs e eu própria não sei como aguentei tanto sofrimento, mas tudo valeu a pena, quando olho para a minha princesa, agora com 2 aninhos. Só não vou ao 2º porque a idade já não permite.
Desejo que tenhas sempre força, porque o teu dia também vai chegar!
Um bj enorme
Susana Pina

Comentar post

.Eu vivo... Sinceramente eu vivo! Quem sou eu? Bem, isso já é pedir demais...

.pesquisar

 

.Junho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Portas abertas...

. Vidas em suspenso...

. Manuel de sobrevivência p...

. Francamente cansada...

. O MILAGRE DA VIDA - Parte...

. O MILAGRE DA VIDA - Parte...

. Em contagem decrescente.....

. O MILAGRE DA VIDA - Parte...

. O MILAGRE DA VIDA - Parte...

. FILHOS DA MADRUGADA

. Momento zen do dia...

.Sinais do tempo...

. Junho 2017

. Maio 2017

. Janeiro 2017

. Abril 2016

. Fevereiro 2015

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

.Contagem