Sexta-feira, 28 de Junho de 2013

VISTO-LHE A PELE

Desafia a sua transitoriedade. Guerreira tenaz, transforma sonhos em realidade. Amor, solidariedade e trabalho gravarão seu nome na História.

Mirna Cavalcanti de Albuquerque Pinto da Cunha

 

 

À uns dias atrás, em conversa com a “A”, ouvi algo que me deixou a pensar em tudo o que ficou para trás, e em tudo o que me trouxe até ao momento da minha vida em que me encontro. Não tenho o hábito de pensar muito nas coisas que fiz ou que deixei de fazer, mas aquela conversa fez-me recuar no tempo e a verdade verdadinha, é que eu sou uma "fura-vidas" mesmo! Eu não sou um caso isolado, não tenho a pretensão de ser exemplo para ninguém, não espero receber louvores nem ver o meu mérito reconhecido publicamente, até porque não me orgulho de muitas coisas que fiz e outras tantas que deixei por fazer, mas uma coisa é certa, foi necessário em algum momento, eu ter feito a travessia que fiz! Passei por muita merda sabem, ultrapassei obstáculos que hoje, ao olhar para trás até me dão arrepios...enfrentei situações de peito aberto, agi sempre com firmeza e em consciência...lutei pela minha independência e saí vitoriosa, construí e conquistei uma vida praticamente sozinha e gozei os louros dessa conquista, pelo caminho, tropecei e caí algumas vezes, chorei, gritei, esperneei, mas também ri, brinquei, vivi e tive momentos imensamente felizes! Com tudo isto, ganhei fibra, ganhei calo, apurei os meus instintos, fortaleci a minha personalidade e ganhei confiança, sobrepus a minha fé e a minha coragem a tudo o que me assombrava e me tentava paralisar, adquiri conhecimentos e vivências e de pouco ou nada me arrependo do que ficou para trás. Dei passos e tomei decisões, sem saber muito bem no que me estava a meter, hesitei? Claro que hesitei, em quase todas as situações...tremi de medo, tremi de insegurança, mas ainda assim nunca me acomodei, nunca pus nos ombros de ninguém responsabilidades que eram minhas e só minhas! Hoje só quero ser feliz, só quero que a pequena “M” seja feliz, e que cresça forte e rodeada de paz! Se for preciso voltar a dar grandes passos, ainda que maiores do que a minha perna, assim o farei, posso até temer, mais jamais serei escrava da infelicidade...da minha ou da dos outros! Vivam felizes, a vida está lá à frente à nossa espera, e é p’ra lá que devemos caminhar!

Estou...:
publicado por Sem voltar atrás... às 11:38

link do post | Falem... | favorito
|
1 comentário:
De momentosdisparatados a 2 de Julho de 2013 às 21:43
Gostei do que li, parabéns. Ah, e que assim continue.

Comentar post

.Eu vivo... Sinceramente eu vivo! Quem sou eu? Bem, isso já é pedir demais...

.pesquisar

 

.Junho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Portas abertas...

. Vidas em suspenso...

. Manuel de sobrevivência p...

. Francamente cansada...

. O MILAGRE DA VIDA - Parte...

. O MILAGRE DA VIDA - Parte...

. Em contagem decrescente.....

. O MILAGRE DA VIDA - Parte...

. O MILAGRE DA VIDA - Parte...

. FILHOS DA MADRUGADA

. Momento zen do dia...

.Sinais do tempo...

. Junho 2017

. Maio 2017

. Janeiro 2017

. Abril 2016

. Fevereiro 2015

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

.Contagem