Sexta-feira, 14 de Junho de 2013

O problema é...

“...é as pessoas acharem que podem dizer tudo sem ouvir o que as outras têm a dizer...é as pessoas pensarem que podem fazer dos outros parvos a toda a hora...é as pessoas criticarem as outras com base em suposições, sem verem o que elas próprias fazem...é as pessoas julgarem e acusarem os outros só porque assim parece que ficam mais leves...é as pessoas não se olharem ao espelho e admitirem que também falham...é as pessoas nunca usarem a palavra"desculpa", mas esperarem ouvi-la da boca dos outros...é as pessoas acreditarem que coincidências não existem, que o mundo é enorme e que tudo se pode esconder...é as pessoas desvalorizarem a inteligência das outras...é as pessoas não quererem saber que nem todos nos regemos pela mesma batuta de comportamentos...é as pessoas não perceberem que o melhor jogo é aquele que se joga limpo...é as pessoas viverem a pensar que ninguém é verdadeiro na sua essência...é as pessoas esconderem-se por trás de argumentos tristes e de palavras conjugadas ao sabor de uma raiva que é delas mesmas...é as pessoas acharem que todas as outras são piores do que elas...é as pessoas não terem a coragem para admitir o que fazem e também o que não fazem...é as pessoas acharem que são o centro da vida das outras e que tudo gira à sua volta...é as pessoas pensarem que não há fumo sem fogo, nem duas sem três...é as pessoas acreditarem que estão no pleno direito de serem sempre donas e senhoras da razão...é as pessoas darem a volta ao prego, tentado assim pôr-se a salvo, nem que seja para se sentirem mais e melhores...é as pessoas partirem de pressupostos errados para tomarem decisões também elas erradas...é as pessoas serem cegas, mas tão tremendamente cegas, ao ponto de magoarem quem mais lhes quer bem!”

 

(Autor desconhecido)

 

 

O problema, no fundo no fundo, não está nos outros...está em nós mesmos, que aceitamos pacificamente, que concordamos e retribuímos com o silêncio, toleramos e compactuamos com atitudes e situações que nos magoam apenas e apenas a nós mesmos!

Estou...:
publicado por Sem voltar atrás... às 14:43

link do post | Falem... | favorito
|

.Eu vivo... Sinceramente eu vivo! Quem sou eu? Bem, isso já é pedir demais...

.pesquisar

 

.Junho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Portas abertas...

. Vidas em suspenso...

. Manuel de sobrevivência p...

. Francamente cansada...

. O MILAGRE DA VIDA - Parte...

. O MILAGRE DA VIDA - Parte...

. Em contagem decrescente.....

. O MILAGRE DA VIDA - Parte...

. O MILAGRE DA VIDA - Parte...

. FILHOS DA MADRUGADA

. Momento zen do dia...

.Sinais do tempo...

. Junho 2017

. Maio 2017

. Janeiro 2017

. Abril 2016

. Fevereiro 2015

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

.Contagem