Quarta-feira, 12 de Junho de 2013

ESTRATÉGIA OU MÁ GESTÃO?

 

Já referi algumas vezes por aqui, que represento uma instituição centenária, que muito me orgulho daquilo que a mesma representa, que acredito na causa e que “visto a camisola”! Sou patriota na forma mais literal da palavra, choro ao ouvir o nosso hino, e sinto um arrepio na pele a cada hastear da nossa bandeira! Mas isto é como a religião, uma coisa é ter a minha crença, e acreditar que existe qualquer coisa grandiosa e mística que foge à minha compreensão, outra coisa completamente diferente é acreditar na igreja e nas palavras proferidas pelo clero! O mesmo se passa quanto ao meu ganha-pão! A maioria não acredita na causa, os interesses pessoais e políticos são colocados acima de tudo e qualquer coisa, a forma de estar é a “politicamente correta”, a forma de falar é a que todos esperam que seja, não querem saber dos problemas, das dificuldades ou das frustrações de cada um de nós! O peso e o brilho daquilo que têm nos ombros, ofuscam-lhes a sensatez e a sensibilidade...é mais fácil dizer ”façam porque eu mando”, do que meter a mão na massa e ajudar os que mais precisam...enfim, não vou divagar muito mais, porque a maioria não está por dentro do assunto e a intenção deste post é outra!

Tudo o que nos é pedido para ser poupado durante o ano inteiro, é depois em contradição, “desdito” no final de cada ano, e isto é simples de ver porquê! “Pessoal, poupem, apertem o cinto, não gastem, não peçam porque não há dinheiro”, só que afinal, o dinheiro existia sim, e tudo o que foi poupado ao longo de um ano inteiro, tem que ser obrigatoriamente gasto no final desse mesmo ano, porque a verba tem que ser justificada, e se não foi gasta, então terá que ser devolvida, ou pior ainda, receber menos verba no ano seguinte! Estão a perceber a ideia? No final do ano de 2012, foi vê-los a acartar mobiliário novo para os quartos do edifício, foi equipar as salas de estar com LCD’s, foi equipamento novo para as viaturas, até se deram ao luxo de comprar Tablet’s para os senhores que mandam e comandam, mas a minha indignação vai muito mais além, qual não é o meu espanto quando hoje de manhã as senhoras da limpeza me dizem que já não há em armazém papel higiénico nem toalhas de papel para as mãos! “COMO ?” Vim ver o que se passava e a realidade é triste...a verdade é essa mesma, o papel foi pedido, mas da secção de logística a resposta foi: “Não há dinheiro para isso, poupem esse que ainda têm e quando acabar, acabou...tragam de casa!” Vêm a disparidade das coisas? É isto que me indigna e que alimenta dia-após-dia a minha revolta! Vou ter que trazer um rolo de papel de casa, isto é se quiser limpar o “realejo”! E assim vai esta minha grande casa...

Estou...:
publicado por Sem voltar atrás... às 11:59

link do post | Falem... | favorito
|

.Eu vivo... Sinceramente eu vivo! Quem sou eu? Bem, isso já é pedir demais...

.pesquisar

 

.Junho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Portas abertas...

. Vidas em suspenso...

. Manuel de sobrevivência p...

. Francamente cansada...

. O MILAGRE DA VIDA - Parte...

. O MILAGRE DA VIDA - Parte...

. Em contagem decrescente.....

. O MILAGRE DA VIDA - Parte...

. O MILAGRE DA VIDA - Parte...

. FILHOS DA MADRUGADA

. Momento zen do dia...

.Sinais do tempo...

. Junho 2017

. Maio 2017

. Janeiro 2017

. Abril 2016

. Fevereiro 2015

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

.Contagem