Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2013

Super Pai...hoje é o dia!

Poderiam estas palavras ter sido escritas por ti meu querido PAI...revi-te e revi-me em cada parágrafo! Que este teu dia seja passado com muita alegria...e logo à noite estaremos juntos a celebrar o teu 74º aniversário...sempre juntos!

 

 

"O dia em que este velhote já não for o mesmo, tem paciência e compreende-me...

Quando eu entornar comida na minha roupa e me esquecer como atar os meus sapatos, tem paciência comigo e lembra-te das horas que passei a ensinar-te a fazer as mesmas coisas.
Se quando conversares comigo, eu repetir as mesmas palavras e souberes como vai terminar a história, não me interrompas e ouve-me. Quando eras pequena, para que dormisses, tive que contar-te milhares de vezes a mesma história até que fechasses os olhinhos.
Não me reproves quando não queira tomar banho, não me chames a atenção por isso, não me envergonhes na frente dos outros. Lembra-te dos momentos em que te persegui e os mil pretextos que tive que inventar para tornar mais agradável o teu banho.
Quando me vires inútil e ignorante na frente de todas as coisas tecnológicas que já não poderei entender, suplico-te que me dês todo o tempo que seja necessário para não me sentir magoado com o teu sorriso sarcástico. Lembra-te que fui eu quem te ensinou tantas coisas....a comer, a vestires-te e como enfrentares a vida tão bem com tu o fazes, tudo isso é produto do meu esforço e perseverança.
Se alguma vez já não quiser comer, não insistas comigo filha. Lembra-te das vezes em que a mãe insistia para que tu não deixasses comida no prato, e eu, sem que a mãe percebesse, te tirava alguma do prato para que ela não ralhasse contigo.

Quando as minhas pernas falharem por estarem cansadas para andar, dá-me a tua mão terna para me apoiar, como eu o fiz quando tu começaste a andar com as tuas fracas perninhas.
Por último, se algum dia me ouvires dizer que já não quero viver e só quero morrer, não fiques aborrecida nem faças aquele teu ar de frete. Um dia irás entender que isto não tem a ver com o teu carinho ou com o quanto eu te amei.
Sempre quis o melhor para ti e preparei os caminhos que deves percorrer. Tens conseguido fazê-lo na perfeição, já te tinha dito isto? Não te sintas triste, enojada ou impotente por me veres assim. Dá-me o teu coração, compreende-me e apoia-me apenas como o fiz contigo quando começaste a viver.
Da mesma maneira que eu te acompanhei no teu caminho e nas tuas escolhas, peço-te que o faças também agora comigo.
Dá-me amor e paciência, que te irei devolver gratidão e sorrisos com o imenso amor que tenho por ti."

Com Amor

O teu Velhote

Estou...:
publicado por Sem voltar atrás... às 11:35

link do post | Falem... | favorito
|
1 comentário:
De sofiazinha a 26 de Janeiro de 2013 às 06:03
parabéns ao teu maravilhoso pai amiga,deves ter um excelente pai,gostei muito da tua homenagem a ele escrita aqui nesta postagem,adorei e super adorei.

Comentar post

.Eu vivo... Sinceramente eu vivo! Quem sou eu? Bem, isso já é pedir demais...

.pesquisar

 

.Junho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Portas abertas...

. Vidas em suspenso...

. Manuel de sobrevivência p...

. Francamente cansada...

. O MILAGRE DA VIDA - Parte...

. O MILAGRE DA VIDA - Parte...

. Em contagem decrescente.....

. O MILAGRE DA VIDA - Parte...

. O MILAGRE DA VIDA - Parte...

. FILHOS DA MADRUGADA

. Momento zen do dia...

.Sinais do tempo...

. Junho 2017

. Maio 2017

. Janeiro 2017

. Abril 2016

. Fevereiro 2015

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

.Contagem