Quinta-feira, 9 de Agosto de 2012

ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS

“A FORMA DE CHEGAR AO IMPOSSÍVEL, É ACREDITAR QUE É POSSÍVEL!”

 

Alice: "Quanto tempo dura o eterno?
Coelho: Às vezes apenas um segundo..."

 

(...) por breves instantes, é isso mesmo que eu desejo minha pequenina...que tu pudesses ser eternamente o meu bebé, a minha menina pequenina com toda a inocência própria da infância...que não fizesses perguntas para as quais muitas vezes eu não tenho resposta, que eu não visse a dor e a tristeza que por vezes mostras no teu olhar...que a tua inocência fosse eterna(...)

 

 

 

Alice: “Você poderia me dizer, por favor, qual o caminho para sair daqui?“

Gato que sorri: Depende muito de onde você quer chegar...

Alice: Não me importa muito onde...

Gato que Sorri: Nesse caso não faz diferença por qual caminho você vá...

Alice: desde que eu chegue a algum lugar...

Gato que Sorri: Oh, esteja certa de que isso ocorrerá, desde que você caminhe o bastante!”

 

(...) é isso filhota...caminhar sempre...sem importar o caminho que tomamos, se for preciso pisar pedras e saltar muros, é isso que farás. Será a vida a ensinar-te isso, serão as pessoas com quem te cruzares que te irão dar essa lição...não te poderei ensinar tudo, e mesmo que o pudesse fazer, não saberia como...não te poderei garantir a proteção eterna, até porque tropeçar faz parte dessa caminhada, mas dar-te-ei sempre a minha mão com a certeza que também eu já trilhei o mesmo caminho que tu e que também eu tive a minha mãe do meu lado!(...)

 

 

Alice: "Mas eu não me quero encontrar com gente louca...

Gato que Sorri: Oh, não se pode evitar, todos são loucos por aqui. Eu sou louco. Você é louca..."

 

(...) pois...ninguém é perfeito minha querida...todos têm um pouco de loucos, e descobri com o passar dos anos, que isso é saudável...não leves a vida demasiado a sério...ri-te de ti própria, ri-te dos outros e com os outros...não julgues as pessoas pela sua aparência nem pela sua condição social...não acredites nem demais nem de menos em tudo o que te dizem, e acima de tudo protege-te sem deixares de ser tu própria(...)

 

 

Lagarta Azul: "Quem é você?

Alice: Eu...já nem sei minha senhora, nesse momento...bem, eu sei quem eu era quando acordei esta manhã, mas acho que mudei tantas vezes desde  então...mas o que sei é que tudo isso parece muito estranho para mim..."

 

(...) ao longo da tua vida, muitos serão os momentos em que te sentirás perdida, sem saberes onde estás e quem és...mas não tenhas medo minha linda, no fundo do teu íntimo terás sempre a certeza do lugar onde estás e da mulher que tu és! Sentirás vontade de desistir, mas peço-te por favor que jamais baixes a cabeça perante as adversidades da vida, jamais baixes os braços, a luta poderá ser difícil, porém, será necessária, esta será outra coisa que a vida te ensinará. Tem sempre presente no teu pensamento, que o melhor ainda está p’ra vir! (...)

 

 

Um dia irás compreender tudo o que aqui está escrito...por agora fica a voar aqui pela blogosfera! Ti amo muito minha vida...

Estou...:
publicado por Sem voltar atrás... às 11:45

link do post | Falem... | favorito
|

.Eu vivo... Sinceramente eu vivo! Quem sou eu? Bem, isso já é pedir demais...

.pesquisar

 

.Junho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Portas abertas...

. Vidas em suspenso...

. Manuel de sobrevivência p...

. Francamente cansada...

. O MILAGRE DA VIDA - Parte...

. O MILAGRE DA VIDA - Parte...

. Em contagem decrescente.....

. O MILAGRE DA VIDA - Parte...

. O MILAGRE DA VIDA - Parte...

. FILHOS DA MADRUGADA

. Momento zen do dia...

.Sinais do tempo...

. Junho 2017

. Maio 2017

. Janeiro 2017

. Abril 2016

. Fevereiro 2015

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

.Contagem