Sexta-feira, 27 de Dezembro de 2013

A MAGIA DE SONHAR

"Eles não sabem, nem sonham,
que o sonho comanda a vida.
Que sempre que um homem sonha
o mundo pula e avança
como bola colorida
entre a mãos de uma criança."

 

(Pedra Filosofal)

 

Estou...:
publicado por Sem voltar atrás... às 10:33

link do post | Falem... | favorito
|
Segunda-feira, 23 de Dezembro de 2013

Absolutamente imperfeitos...

 

"A vida amassa e molda. Muitas vezes, atira-nos ao chão para entendermos que não somos perfeitos, que não controlamos todas as coisas e que não somos nem eternos e nem ultrapoderosos. A vida mostra-nos que somos seres absolutamente imperfeitos e por isso, humanos." 

 

http://chadementa.blogs.sapo.pt/298321.html

Estou...:
publicado por Sem voltar atrás... às 15:37

link do post | Falem... | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 20 de Dezembro de 2013

MEU QUERIDO PAI NATAL

 

Meu querido Pai Natal:

 

Bem sei que andas ocupadíssimo, de volta dos presentes das criancinhas, aterefado com os ultimos preparativos para que tudo esteja perfeito na noite de 24 de Dezembro! Também sei que já não tenho propriamente idade de acreditar em ti, e muito menos de te pedir seja o que for...mas, tendo em consideração que fui uma boa menina durante todo o ano, que me esforcei ao máximo para que a pequena "M" continue a acreditar na tua mágica existência...queria fazer-te apenas um e só um pedido...e ainda por cima nem sequer é para mim, vê lá tu que boazinha que eu sou...peço-te: Envia um exemplar destes, constantes na imagem acima, a todas as meninas (com idade suficiente para acreditarem que na realidade tu só existes na imaginação dos mais pequenos) que se encontram sós, tristes, a precisarem de amor e principalmente de calor...calor humano, daquele que se espalha nesta época natalícia. Será que é pedir muito? Também me parecia que não! Adoro-te meu querido Pai Natal, e já agora aproveito para te desejar uma boa viagem na noite de 24, não apertes muito com as renas e lembra-te, nada de álcool nem de drogas ok? Até para o ano. {#emotions_dlg.xmastree}

Estou...:
publicado por Sem voltar atrás... às 12:04

link do post | Falem... | favorito
|
Quinta-feira, 19 de Dezembro de 2013

De vez em quando...

"De vez em quando, uma rapariga, por muito esperta e desperta que seja, apenas deseja a nuvem do sossego mais terno e mais esquecido, do abandono mais lasso, e uma réstia de saudade que perdura presa à memória de uma cançoneta breve e leve...

São os instantes em que uma mulher não está para ninguém, sobretudo para si própria...

 

Estou de volta pro meu aconchego
Trazendo na mala bastante saudade.
Querendo ,
Um sorriso sincero, um abraço,
Para aliviar meu cansaço
E toda essa minha vontade...

Parece que falta um pedaço de mim.                            
Me alegro na hora de regressar
Parece que eu vou mergulhar
Na felicidade sem fim..."

 

(Por: “A gaffe, de vez em quando”)

 

                                              

Estou...:
publicado por Sem voltar atrás... às 10:21

link do post | Falem... | favorito
|
Quarta-feira, 18 de Dezembro de 2013

Sim...eu sei!

"...Estou a sentir, a minha voz perdida no deserto...mas sou quem diz, que a vida deixa sempre a porta aberta...p'ra que eu possa lá entrar, e quem sabe regressar, à mais pura inocência! "

 

(Polo-Norte)

 

Estou...:
publicado por Sem voltar atrás... às 14:38

link do post | Falem... | favorito
|
Sexta-feira, 6 de Dezembro de 2013

É urgente...

 

...dar importância apenas ao que tem fundamento e deixar de lado o que não acrescenta nada ou que não nos faz bem, investir neste exercício diário...interiorizar que o silêncio é de ouro e que muitas das vezes continua a ser a melhor resposta para pessoas sem fé...ir sempre até onde a energia nos permitir, e perceber que há em nós um bocadinho mais de uma força que nós nem sonhávamos existir...gostar e amar sem pedir nada em troca, perceber como isso é reconfortante e ter mais paciência, mais tolerância e perdoar os erros (os nossos e os dos outros)...obedecer ao que manda o coração, mas não esquecer nunca de manter, pelo menos, um pé no chão...é urgente saber que é tão bom encontrarmos o nosso caminho, mas aceitar que não tem nada de mal se às vezes nos perdermos ou sentirmos saudades de casa...manter um sorriso na cara e não deixar de acreditar, mesmo quando a vida fecha uma porta (ou várias, é a vida a testar os nossos limites, a nossa força e persistência), mesmo que por vezes nos apeteça chorar muito e rogar pragas ao destino...é urgente perceber que não conseguimos abraçar o mundo inteiro, mas que é sempre possível abraçar algumas pessoas e fazer toda a diferença, dar de nós mas também nos ver reconhecido o esforço e dedicação, nem que seja através do silêncio que diz tanto em alguns momentos...é urgente não calar a dor da ausência, a dor da saudade, e se por qualquer motivo não houver ninguém para ouvir, ou se às nossas palavras forem dadas outra interpretação, então falemos para o ar, com certeza que lá em cima existe alguém que nos escuta e nos compreende...

 

Estou...:
publicado por Sem voltar atrás... às 12:28

link do post | Falem... | favorito
|
Quinta-feira, 5 de Dezembro de 2013

NOTA MENTAL DE HOJE

Estou...:
publicado por Sem voltar atrás... às 15:29

link do post | Falem... | favorito
|

Os Dezembros da minha vida

“Que este Dezembro me traga todas as esperanças perdidas, todos os sonhos guardados e que leve toda a mágoa e amargura que ainda vive no meu coração…”

 

 

Já por aqui falei (se a memória não me falha) que o mês de Dezembro em particular, é um mês especial para mim. Foi este o mês que mais amargura me deixou na boca, mas foi também este o mês que mais aqueceu o meu coração e a minha alma. Motivos díspares e intensos, fizeram com que a cada ano, eu viva o mês de Dezembro com um misto de emoções e pensamentos, que mesmo que me esforce, não consigo apagar da minha memória! Desde a morte de pessoas queridas terem sido durante este mês, ao terminar de relacionamentos que de certa forma foram marcantes, passando pelos "amargos de boca" que a quebra de confiança nas pessoas me trouxe em determinadas situações e que até hoje tenho presentes em mim...enfim, poderia dedicar este post inteirinho ao “mal” que o mês de Dezembro me trouxe, mas vistas bem as coisas, não foi o mês de Dezembro que me magoou, foram mesmo as pessoas e as circunstâncias da vida! Em contrapartida, e porque a minha balança precisava de ser equilibrada (Deus escreve certo por linhas tortas), foi também o mês de Dezembro que me trouxe o babe, o meu homem, o meu Amor...o Amor da minha vida, e o equilíbrio aconteceu, assim, simplesmente!

Se há pessoas, a quem o Natal lhes passa ao lado, eu não sou uma dessas pessoas, eu vivo o Natal, eu sinto o Natal, eu como o Natal, eu cheiro o Natal, tudo porque me sinto invadida por um sentimento de nostalgia e ao mesmo tempo uma boa disposição contagiante! Não são os presentes, não é o consumismo, são as luzes, são as decorações, a árvore de Natal, ahhhh...a minha árvore de Natal...se vocês conseguissem ter uma pequena ideia da emoção que sinto ao olhar para a minha árvore de natal e para o meu presépio, só pode ser mesmo o espírito Natalício a provocar esse efeito em mim. Depois da pequena “M” nascer, os meus Natais passaram a ter uma outra dimensão, tudo me parece maior e mais bonito, todas as pessoas me parecem melhores, e perco-me no brilho do olhar da “M”...o Natal para mim é família, é partilhar, é conviver, é emoção, é Amor, é paz, é saúde. Podem chamar-lhe hipocrisia, poderão até dizer-me que deveria ser tudo isso durante o ano inteiro, e sabem o que vos respondo? Que é isso mesmo, durante o ano inteiro vivo pautada por esses valores e por esses princípios, mas o mês de Dezembro traz-me um acréscimo a todas essas emoções! Fazer o quê? Sou assim e gosto. Para todos os que me leem, aqui deixo antecipadamente os desejos de que, tal como eu, passem este Natal junto daqueles que vos aquecem o coração, com muita saúde e com todas as esperanças renovadas para o ano que se avizinha. UM FELIZ NATAL. {#emotions_dlg.xmastree}

Estou...:
publicado por Sem voltar atrás... às 11:23

link do post | Falem... | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 4 de Dezembro de 2013

Ela e os seus trocadilhos

Ontem depois de mais uma aula de judo, no regresso a casa ponho-me eu com a filosofia barata de trazer por casa, a tentar explicr à M o porquê dela não poder simplesmente um dia querer o judo e no dia seguinte já não querer...uma estafa confesso, tendo em consideração a capacidade que aquela miuda tem a desviar assuntos que não lhe interessam. Ontem não lhe dei tréguas e só me calei quando vi que ela tinha percebido que não nadamos em dinheiro e que o judo que ela tanto queria custa dinheiro, e que ela tem que aprender que as coisas não podem simplesmente ser deixadas para trás só porque "hoje" não me apetece! Enfim, com algum esforço ela lá me disse que tinha percebido. Ao chegar a casa surpreende-me com a conversa que se segue:

 

- Mãe...

- Sim filha...

- Nunca mais procuras-te a minha Elly (uma elefanta cor de rosa, companheira do pocoyo que ela adorava)

- Tens razão filha...nunca mais procurei, deve estar na arrecadação lá nos caixotes...

- Pois, arrumaste quando viemos para as caldas...

- Foi sim filhota...

- (após um breve silêncio e um olhar inquisidor) Mãe...

- Sim filha...

- Gostava tanto de voltar atrás...

- Como? Voltar atrás? Não percebo...

- Sim...voltar a ser bebé...

- (por esta altura já a minha alma tremia) Porquê filha? Continuo sem perceber onde queres chegar...

- Oh mãe, voltar atrás...ao dia em que me compraste a Elly para que nunca mais tu a pudesses esconder numa caixa na arrecadação!

- (risos, abraços) Tu és a verdadeira totó sabias filha?

- E tu és a melhor mãe do mundo!

 

 

publicado por Sem voltar atrás... às 16:35

link do post | Falem... | favorito
|

NOVA LEI ORGANICA DO MAI uma piada

Meninas da minha praia, da minha rua e do meu blog, como rapariga interessada que sou em tudo o que tem a ver com leis e afins, resolvi dar uma “espreitadela” à nova lei orgânica do MAI (ministério da administração interna), organismo do qual dependo indiretamente. Confesso que tenho alguma perspicácia na interpretação da lei, apesar da minha pouca ou nenhuma formação académica, tudo o que toca a leis é coisa do meu interesse, e deveria ser de todos, mas passando essa parte...facto é que, se em algumas coisas decididas pelo pessoal lá dos lados de S. Bento, me é relativamente fácil interpretar e entender, outras há que por mais que me esforce, por mais que leia e volte a reler, por mais cambalhotas e reviravoltas que os meus neurónios deem, não consigo chegar lá. Aqui vos deixo o ponto 3 do Art.º 2º da nova Lei Orgânica do MAI, que por muito curto que seja, reflete o resto do disposto no mesmo diploma, ou seja, ninguém entende patavina do que os digníssimos querem dizer. Já o artigo 4º diz e muito, leiam e depois entenderão o que quero dizer. Abaixo junto uns anexos à presente lei orgânica, para que vejam com os vossos próprios olhos, parte do efetivo empenhado apenas em cargos de direção...vejam minhas lindas meninas e depois tirem a vossa conclusão! É o país que temos, são os governantes que temos e que aprovam coisas como estas...e mais não digo!

 

 

«Artigo 2.º»

3 — A SG (secretaria geral) prossegue as seguintes atribuições, no

âmbito da prestação de serviços comuns:

a) No quadro do exercício de funções transversais, e

sem prejuízo das competências cometidas à DGIE:

i) Assegurar a gestão dos contratos de prestação de

serviços de suporte não integrados em entidades públicas

prestadoras de serviços partilhados;

ii) Assegurar a centralização e desmaterialização dos

procedimentos de contratação pública, exercendo as

funções de unidade ministerial de compras;

 

«Artigo 4.º»

[...]

A SG (secretaria geral) é dirigida por um secretário -geral, coadjuvado

por três secretários -gerais -adjuntos, cargos de direção

superior de 1.º e 2.º graus, respetivamente.

 

 

 

ANEXO I

Cargos de direção superior da administração direta

Número de lugares

(não inclui

as forças de segurança)

Cargos de direção superior de 1.º grau . . . . . . . . 6

Cargos de direção superior de 2.º grau . . . . . . . . 11

 

ANEXO II

Mapa de cargos de direção

Designação dos cargos

dirigentes

Qualificação dos cargos

dirigentes Grau Número

de lugares

Diretor -geral . . . . . . . . . Direção superior . . . . . . 1.º 1

Subdiretor-geral . . . . . . Direção superior . . . . . . 2.º 2

Diretor de serviços . . . . Direção intermédia . . . . 1.º 3

 

ANEXO III

Mapa de cargos de direção

Designação dos cargos

dirigentes

Qualificação dos cargos

dirigentes Grau Número

de lugares

Secretário -geral . . . . . . . Direção superior . . . . . . 1.º 1

Secretário -geral -adjunto Direção superior . . . . . . 2.º 3

Diretor de serviços . . . . Direção intermédia . . . . 1.º 9

 

Estou...:
publicado por Sem voltar atrás... às 15:40

link do post | Falem... | favorito
|

.Eu vivo... Sinceramente eu vivo! Quem sou eu? Bem, isso já é pedir demais...

.pesquisar

 

.Junho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Portas abertas...

. Vidas em suspenso...

. Manuel de sobrevivência p...

. Francamente cansada...

. O MILAGRE DA VIDA - Parte...

. O MILAGRE DA VIDA - Parte...

. Em contagem decrescente.....

. O MILAGRE DA VIDA - Parte...

. O MILAGRE DA VIDA - Parte...

. FILHOS DA MADRUGADA

. Momento zen do dia...

.Sinais do tempo...

. Junho 2017

. Maio 2017

. Janeiro 2017

. Abril 2016

. Fevereiro 2015

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

.Contagem