Quarta-feira, 24 de Abril de 2013

TERMINOU A NOSSA ESPERA!

 

"Babe, não permitas que tudo o que se diz e tudo o que se escreve, sejam motivo para te fazer baixar a cabeça...agiste da mesma forma que qualquer um de nós agiria no teu lugar...a tua sentença saiu, não era bem o que estávamos à espera, mas resta-nos o consolo de nos termos um ao outro e à piolhita, e a certeza de que acabou todo este tormento! Tens amigos, camaradas, conhecidos, tens uma imensidão de gente a dar-te o apoio que lhes é possível...babe, podes ter muita gente q não gosta de ti, mas também tens muita gente que gosta, e são a essas manifestações de carinho e de amizade, que tens que te agarrar! A vida não terminou ontem naquela sala audiências, pelo contrário...ontem começou uma nova fase, da tua/nossa vida! Ontem disseste na viagem para casa que vestias a tua farda com orgulho e dignidade... pois então babe...que o teu orgulho e que a tua dignidade não sejam abalados por este incidente! É por isso e por tantas outras coisas que te Amo tanto, por teres a humildade de dizer que te orgulhas da farda que envergas, apesar de em tantos momentos sentires que a instituição não zela por ti, por todos nós...não é para todos, nem é para qualquer um! Levanta-me essa cabeça e sorri...tenho o maior respeito e orgulho pelo homem que és, não mudes nunca e daqui p'ra frente, uma outra vida te espera...
Com Amor, a tua babe!"



 

Estou...:
publicado por Sem voltar atrás... às 20:45

link do post | Falem... | ver comentários (2) | favorito
|
Quinta-feira, 18 de Abril de 2013

Falta um bocadinho assim...

Uma das coisas que me deixa irrequieta, são os dias que antecedem o início das tão desejadas férias! Desta vez não é diferente, segunda feira que vem entro de férias e estamos quase quase com as malas feitas para uns dias pelo Porto. Tenho saudades dos Super sogros, da alegria e de toda a agitação daquela casa. Nunca somos menos de 10 pessoas, com crianças a fazer barulho pelo meio...enfim, sinto-me como se tivesse feito parte daquela família durante toda a minha vida! Tenho saudades da comida da sogra, dos serões a jogar "bingo", de ouvir as "larachas" do super sogro...como disse no início, estou irrequieta e desejosa que o dia de hoje e de amanhã passam depressa! {#emotions_dlg.smile} 

Se eu estiver uns dias desaparecida, não estranhem! Hasta... Fuuiiiii...

 

Estou...:
publicado por Sem voltar atrás... às 15:53

link do post | Falem... | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 17 de Abril de 2013

Do you?

"Tonight you're mine completely
You give your love so sweetly
Tonight the light of love is in your eyes
Will you still love me tomorrow?

Is this a lasting treasure
Or just a moment's pleasure?
Can I believe the magic of your sighs?
Will you still love me tomorrow?

Tonight with words unspoken
And you say that I'm the only one, the only one, yeah
But will my heart be broken
When the night meets the morning star?

I'd like to know that your love
Is love I can be sure of
So tell me now, cause I won't ask again
Will you still love me tomorrow?"

 

(Amy Winehouse - Will You Still Love Me Tomorrow?)

 

Estou...:
publicado por Sem voltar atrás... às 14:32

link do post | Falem... | favorito
|

QUEM ESPERA DESESPERA...(parte V)

"...8 dias babe...é a esta distância que está a decisão final! A luta tem sido difícil, para ti...sim, principalmente para ti, mas também o tem sido para mim, tu sabes...a espera, a ansiedade, a impotência, por vezes o desespero, a frustração, a impaciência, o desconforto...tudo isto tem sido vivenciado por mim, dia após dia. Mas agora vemos o final ali à nossa espera, e tudo o que preciso que saibas é que aos meus olhos és o mais maravilhoso dos homens, não és perfeito...não babe, não és, mas é assim que te Amo, tenho o maior respeito pelo homem que és, e sinto por ti um imenso e profundo orgulho!

Hoje e sempre, juntos para o que der e vier!

Com Amor, a tua babe."

 

Estou...:
publicado por Sem voltar atrás... às 13:52

link do post | Falem... | favorito
|
Segunda-feira, 15 de Abril de 2013

A cambada e a corja que temos no poleiro!

O nosso país está cheio dos que se consideram uma classe superior, muito tolerantes para os deles mas prontos a sacrificar os que a ela não pertencem. A maioria é (dizem) superiormente preparada. Mas só na teoria. Não possuem experiência, sabedoria e bom senso. Ignoram a simples e palpável realidade.

Para que serve um político diretamente saído das “juventudezinhas partidárias” ou nomeado pela alta finança? Todos são mestres na teoria e aprendizes na prática mas o orgulho e a falta de humildade (por vezes a roçar a imbecilidade) impede-os de adquirir a experiência tal como ela própria o exige: a começar de baixo. Causa pública, não sabem o que é! Pobreza pública, ignoram-na!

Tantas e tão comoventes declarações, tanta sacudidela da água do capote numa total ausência do espírito de servir e com uma enorme preocupação de poder, numa chafurdice nunca vista que a mim me metem nojo! Mas, candidatam-se, oferecem o seu superior e desinteressado saber. São todos amigalhaços que só a inveja separa, porque ideais só proclamam os que lhe convêm.

A cambada que nos rodeia à esquerda, ao centro e à direita é fruto da nossa ingénua tolerância. A cambada e a sua corja que nos rodeiam têm apenas a “tolerância de sentido único”: para os deles e com o sentido único do dinheiro, do poder, do prestígio, da influência. Tudo com a prepotência que a impunidade dá.

E depois venham-me dizer que não tenho razão...

 

Estou...:
publicado por Sem voltar atrás... às 13:59

link do post | Falem... | favorito
|
Sábado, 13 de Abril de 2013

NOTA MENTAL DE HOJE

...meter na cabeça de uma vez por todas, que apesar de não conseguir fazer tudo, a minha pessoa terá que estar sempre em primeiro lugar! Se eu não o fizer, com certeza que ninguém o fará por mim!

 

Estou...:
publicado por Sem voltar atrás... às 12:39

link do post | Falem... | ver comentários (2) | favorito
|
Quinta-feira, 11 de Abril de 2013

Too much information...

"Quando eu te digo a verdade, tu nunca acreditas em mim, mas quando eu te minto, acreditas em tudo o que te digo!"

 

Faz sentido! Portanto, vejamos...o que há a reter desta informação? Após profunda análise às palavras do babe, e tendo em consideração que eu encaixo com facilidade, as coisas  que me dizem logo à primeira, resta-me a partir daqui, passar a duvidar de tudo o que me pareça minimamente duvidoso, e acreditar apenas naquilo que me parecer de facto verdadeiro...ou será melhor fazer o contrário? O babe desta vez deu too much information!

(Mensagem recebida babe!)

 

Estou...:
publicado por Sem voltar atrás... às 13:41

link do post | Falem... | favorito
|
Quarta-feira, 10 de Abril de 2013

Já estava a fazer falta...

 

 

...como à muito tempo que não caía uma chuvita, e tendo em conta que já começava a fazer falta...cá está ela! 

Por onde andas tu Primavera {#emotions_dlg.unknown}

Estou...:
publicado por Sem voltar atrás... às 14:16

link do post | Falem... | favorito
|

Quando se prova do próprio veneno...

...ele é MUITO mais amargo. Isto é um facto provado e consumado!

Culpar os outros pelos nossos problemas, pelas nossas falhas e pelas nossas frustrações, é algo comum do ser humano, o improvável e o que quase nunca acontece, é olhar-mos para dentro de nós, pôr-mos a mão na consciência e dizer-mos: “mea culpa”! 
A minha bagagem, as minhas culpas, sou eu que as devo carregar, o mundo e as pessoas que me rodeiam não têm que o fazer por mim. Ninguém está contra a minha pessoa, não existem perseguições nem conspirações sobre a minha vida! Já diziam os mais experientes: “quando tudo parecer errado, olhe para si e encontre o problema!” Parece difícil e em boa verdade vos digo que exige dedicação, é bem mais fácil e confortável “sacudir a água do capote” para cima dos que estão mais próximos, do que assumir duma vez que o problema está em nós mesmos.

Na hora de passarmos por situações idênticas às que anteriormente criticámos, sabem o que fazemos? Enterramos a cabeça na areia ou olhamos para o lado na tentativa de nos enganarmos a nós próprios, ou então pensamos “ahhh mas esta situação é muito diferente”...claro que é, o mais que não seja porque é connosco e não com os outros! Não se iludam minhas amigas, todas nós já fizemos julgamentos e juízos de valor, todas nós já apontamos dedos, criticámos pessoas e situações, para no final, cometermos os mesmos erros. Tudo se resume a: “não gosto que me façam a mim, então, não farei com os outros”...e vice-versa, correto? Pois, deveria ser assim! O mundo seria mais leve, mais colorido, as pessoas respeitar-se-iam mais. Provar do próprio veneno não é tarefa fácil. Por isso, precisamos rever valores, precisamos olhar de dentro para fora e não permitir que a nossa própria mesquinhez nos leve ao abismo da culpa e da dualidade de ações para connosco e para com o outro/a. Se um dia o ser humano conseguir esta proeza, com toda a certeza que viveremos mais e melhor!

 

 

Estou...:
publicado por Sem voltar atrás... às 13:24

link do post | Falem... | favorito
|
Sexta-feira, 5 de Abril de 2013

SER MAIS E MELHOR

Há dias em que eu acho, que apesar de todas as pedras, saberei sempre caminhar, e que jamais me irei desviar da rota traçada...
Juro que continuo todos os dias, a tentar ser melhor. A tentar não falhar a ninguém, a tentar ser amiga de todos quanto me parecem precisar.

Tento, todos os dias, fazer mais e melhor. Só que de repente, parece que nunca basta. Nunca é suficiente e há sempre tantas coisas que parece que não faço bem.
Há dias em que acho que, por causa de todas as pedras, vou ser mais forte, vou ser mais capaz...mas...e até quando?
A capacidade de resistência, a capacidade de sofrimento aumenta claramente com a idade, só que em vez de se criarem barreiras, criam-se buracos!
(Oh, “M”, sim...tens razão: “Há dias em que o coração tem tantos buracos”...)

 

 

 

"Há quem diga que com as pedras no caminho pode-se construir castelos ou catedrais...a mim não importa os castelos ou as catedrais...se pudesse recolher as pedras do meu caminho e com elas construir algo, faria um refúgio, para ter pra onde ir quando a dor me apertasse o peito como agora!"

Elaine Beatriz Mazur

 

 

 

Estou...:
publicado por Sem voltar atrás... às 16:11

link do post | Falem... | favorito
|

.Eu vivo... Sinceramente eu vivo! Quem sou eu? Bem, isso já é pedir demais...

.pesquisar

 

.Junho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Portas abertas...

. Vidas em suspenso...

. Manuel de sobrevivência p...

. Francamente cansada...

. O MILAGRE DA VIDA - Parte...

. O MILAGRE DA VIDA - Parte...

. Em contagem decrescente.....

. O MILAGRE DA VIDA - Parte...

. O MILAGRE DA VIDA - Parte...

. FILHOS DA MADRUGADA

. Momento zen do dia...

.Sinais do tempo...

. Junho 2017

. Maio 2017

. Janeiro 2017

. Abril 2016

. Fevereiro 2015

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

.Contagem