Quinta-feira, 31 de Maio de 2012

FACE OCULTA

"O Ministério Público (MP) pediu a destruição das escutas telefónicas feitas no âmbito do processo Face Oculta envolvendo o ex-primeiro-ministro José Sócrates, que escaparam à ordem de destruição do presidente do Supremo Tribunal de Justiça (STJ).


A medida foi defendida pelo procurador do MP, Carlos Filipe, no último dia do prazo dado pelo Tribunal de Aveiro para as partes se pronunciarem sobre um requerimento apresentado pelo arguido Paulo Penedos, na sessão do passado dia 15.
No requerimento, o arguido pedia que o coletivo de juízes, dirigido por Raul Cordeiro, o informasse se subsistem cópias de escutas a José Sócrates e, nessa eventualidade, se as vai destruir ou facultar aos arguidos.
O procurador do MP, que falava durante a 62.ª sessão do julgamento, que está a decorrer esta quarta-feira no tribunal de Aveiro, começou por lembrar que os referidos produtos “foram objeto de decisão pelo presidente do STJ, transitado em julgado, ordenando a sua destruição”.
“Assim sendo, não só não devem aqueles produtos ser disponibilizados para consulta, como também atempadamente destruídos”, defendeu.
O juiz-presidente Raul Cordeiro remeteu uma decisão para a próxima terça-feira, após deslocar-se ao tribunal de Ovar para conferir o que está guardado no cofre. Segundo fonte judicial, são cinco as cópias de escutas envolvendo o ex-primeiro-ministro José Sócrates que escaparam à ordem de destruição do presidente do STJ.
O juiz-presidente da Comarca do Baixo Vouga, Paulo Brandão, disse que os referidos produtos encontram-se dentro de um envelope lacrado, juntamente com 26 SMS envolvendo também o ex-primeiro-ministro socialista.
Segundo Paulo Brandão, os produtos foram detectados “ao fazer a conferência final dos autos, para enviar o processo [Face Oculta] para o Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC), em Lisboa”.
“O juiz de instrução criminal de Aveiro expôs esta situação ao presidente do STJ que mandou destruir estas novas escutas”, acrescentou.
Entretanto, o processo passou para as mãos do juiz do TCIC, Carlos Alexandre, que decidiu não destruir as escutas sem primeiro notificar os arguidos e assistentes da decisão do presidente do STJ de eliminar as gravações.
Quando o processo regressou à Comarca do Baixo Vouga, o juiz Carlos Alexandre enviou também o envelope contendo as escutas e os SMS, que se encontra, até hoje, guardado no cofre do tribunal de Ovar."

(JORNAL O PÚBLICO - 30-05-2012)

 

Estou...:
tags:
publicado por Sem voltar atrás... às 11:39

link do post | Falem... | favorito
|
Terça-feira, 29 de Maio de 2012

29 de Maio, Dia Internacional das forças de manutenção da paz das Nações Unidas.

 

 

“Órgão da Organização das Nações Unidas cujo objetivo primordial é o de manter ou restabelecer a paz e a segurança em determinados focos onde ocorram conflitos. De acordo com a Carta das Nações Unidas, de 1945, que, traçando já as linhas delineadoras das Forças de Manutenção da Paz, exorta a união das "nossas forças para manter a paz e a segurança internacionais", o Conselho de Segurança "determinará a existência de qualquer ameaça à paz, rutura da paz ou ato de agressão e fará recomendações e decidirá que medidas deverão ser tomadas (...)
Constituídas por pessoas que ajudam as partes envolvidas num conflito a resolverem pacificamente os seus diferendos e a criarem as condições precisas para uma paz sustentável - os "capacetes azuis", assim chamados devido à cor azul distintiva dos capacetes que usam quando estão ao serviço, que incluem soldados e oficiais de forças armadas e agentes da polícia civil, assim como observadores eleitorais, observadores dos direitos humanos e outros civis - as Forças de Manutenção encontram-se organizadas em dois grupos consoante os tipos de operações que exercem: os grupos observadores, que pesquisam e reúnem informações sobre o local onde ocorre o conflito, e as forças militares, que só podem usar armas ligeiras e em legítima defesa.
A primeira operação de manutenção da paz das Nações Unidas foi levada a cabo em 1948, no Médio Oriente, logo após o estabelecimento do Estado de Israel, declarado a 14 de maio daquele ano.
O empenho, a dedicação e o trabalho das Forças de Manutenção da Paz foram reconhecidos em 1988, tendo-lhes sido entregue o prémio Nobel da Paz.
A 29 de maio, comemora-se o Dia Internacional dos Soldados da Paz das Nações Unidas.”

 

Estou...:
publicado por Sem voltar atrás... às 11:42

link do post | Falem... | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 28 de Maio de 2012

EU, MULHER ME MANIFESTO!

Andando a navegar na blogosfera, e eis que tropeço num post que me prendeu a atenção...para ser sincera, não me recordo o nome do blog, nem da autora do texto... não quero ser acusada de plágio, nem ficar com os louros de um texto que não é meu. Quero apenas dizer que este texto é de se lhe tirar o chapéu, e a sua autora, com toda a certeza será uma mente iluminada! Não consigo deixar de o publicar aqui no meu blog, vale a pena ler! (foto escolhida por mim e retirada da net)

"Sim. Não usamos burka e podemos andar seminuas no meio da rua, que a lei não nos penaliza. Sim, na Constituição da República Portuguesa temos os mesmos direitos e oportunidades que os homens. Sim, temos a possibilidade de alcançar as metas que eles alcançam. Mas não nos esqueçamos, por favor, que a casa da partida é totalmente diferente. Nós não partimos com vantagem. Partimos com o preconceito, com os pressupostos, com as cicatrizes de tudo aquilo que foi enraizado no nosso ADN durante séculos e isso é fodido. Demasiado fodido. Na maior parte das vezes, conseguimos a proeza de nos dividirmos, sem nunca deixarmos de ser inteiras. Dividimo-nos pelos filhos, pelo marido, pelo trabalho, pela casa, pelo stress. Dividimo-nos a cada instante e reestruturamo-nos no instante seguinte, porque é isso que é suposto. É assim que devemos ser e assim somos, sem perguntas, sem incómodos. E quando falhamos, sentimo-nos miseráveis, porque não é suposto falharmos. Nós temos que ser perfeitas. Se uma mãe é vista no supermercado, a enfiar frutas num saco, com um puto agarrado às canelas aos gritos, outro embandeirado em arco a fazer birra de sono, é uma mãe como outra qualquer. Já se é um gajo no supermercado, a passear-se entre as prateleiras da higiene pessoal, com os putos atrás, é um Deus. Uma ave rara, um pai exemplar. A eles basta-lhes fazerem umas macacadas com os putos, uns passeios e são tidos como os melhores pais do mundo. Uma mãe que faça tudo isso e mais tudo o resto que é suposto, é uma mãe banalíssima! Uma mãe, nunca será uma mãe excecional, pois ser mãe tem no seu cerne ser excecional e, pelos vistos, ser pai não tem. Daí os elogios a um desempenho banal de um pai e a falta deles, quando uma mãe faz exatamente o mesmo. Mas nós, as mulheres, as mães, não somos obsessivamente exigentes. Não queremos glória a cada instante que passa, nem elogios por passar o dia a limpar ranho e a ouvir chorar (se bem que até merecíamos). Queremos apenas que, de vez em quando, nos reconheçam o valor, sem termos que arrancar o reconhecimento à dentada. Desejamos ser notadas pelas pequenas coisas que não deixam a casa cair no final do dia. Que mantêm as vidas de pé e a funcionar o ano inteiro. Queremos apenas sentir que nos apreciam e que nos veem, digamos… aí uma vez por ano. Pode ser?"

 

Estou...:
tags:
publicado por Sem voltar atrás... às 15:44

link do post | Falem... | favorito
|

VIVENDO E APRENDENDO!

 

Algo que aprendi com os homens é que, se nós mulheres queremos que eles nos ofereçam algo que nós desejamos, não podemos estar à espera que eles façam a surpresa do nada, mas principalmente sem que nós lhe digamos o que queremos! Os homens por si só, são distraídos, é essa a sua natureza, e minhas amigas, só temos é que aprender a viver com eles assim, porque sem eles, a vida é uma merda! Eles não são bruxos, nem têm poderes videntes para adivinhar o que nos vai no pensamento (embora por vezes nós tenhamos a ideia absurda que eles deveriam), muito menos adivinhar os nossos caprichos...prontos ok, quando eles nos conhecem e depois de algum tempo de convívio, deveriam também conhecer alguns dos nossos gostos, mas eu já deixei de parte as ilusões faz muito tempo, até porque se eles têm a enorme dificuldade em decorar datas tão simples como o dia que nos conhecemos, mais dificuldade terão em saber que a nossa cor preferida é o branco ou o azul...whatever...o homem é um bicho cheio de limitações no que toca à memória de coisas simples, fazer o quê? Resumindo...lembram-se de um post que eu aqui publiquei acerca de um anel da DKNY? Pois é queridas, “atirei o barro à parede” e ele pegou! Ihihihihih...fiz a coisa de forma simples e natural...perguntei ao babe se ele por acaso não lhe apetecia oferecer-me um presente...conversa puxa conversa, e o Super “J” pura e simplesmente disse que sim!!! Claro que existiu uma condição (existe sempre uma contrapartida) , mas se for justa, e neste caso até é...negócio fechado! Resta-me arrastar o jeitoso até ao shopping mais próximo, e encaminhá-lo até à loja onde o anel se encontra à venda...se não for hoje, é amanhã...depois prometo publicar foto da minha mão! {#emotions_dlg.sarcastic}

Estou...:
tags:
publicado por Sem voltar atrás... às 13:49

link do post | Falem... | favorito
|
Sexta-feira, 25 de Maio de 2012

Hey There Delilah...

 

"Hey there Delilah
What's it like in New York City?
I'm a thousand miles away
But girl tonight you look so pretty
Yes, you do
Times Square can't shine as bright as you
I swear it's true

Hey there Delilah
Don't you worry about the distance
I'm right there if you get lonely
Give this song another listen
Close your eyes
Listen to my voice it's my disguise
I'm by your side

Hey there Delilah
I know times are getting hard
But just believe me girl
Someday I'll pay the bills with this guitar
We'll have it good
We'll have the life we knew we would
My word is good

Hey there Delilah
I've got so much left to say
If every simple song I wrote to you
Would take your breath away
I'd write it all
Even more in love with me you'd fall
We'd have it all

A thousand miles seems pretty far
But they've got planes and trains and cars
I'd walk to you if I had no other way
Our friends would all make fun of us
And we'll just laugh along because we know
That none of them have felt this way
Delilah I can promise you
That by the time that we get through
The world will never ever be the same
And you're the blame

Hey there Delilah
You be good and don't you miss me
Two more years and you'll be done with school
And I'll be making history like I do
You know it's all because of you
We can do whatever we want to
Hey there Delilah heres to you
This one's for you

Oh it's what you do to me
Oh it's what you do to me
Oh it's what you do to me
Oh it's what you do to me
What you do to me
Oh Oh Oh
Oh Oh Oh"

(Plain White T's)

 

Estou...:
tags:
publicado por Sem voltar atrás... às 15:49

link do post | Falem... | favorito
|
Quinta-feira, 24 de Maio de 2012

SERES IMPERFEITOS!

"Há um limite para as paixões humanas quando elas provêm dos sentimentos, mas não há limite para aquelas que sofrem a influência da imaginação!"

 

Estou...:
publicado por Sem voltar atrás... às 15:50

link do post | Falem... | favorito
|
Terça-feira, 22 de Maio de 2012

TENHO UM GATO E ADORO!

Foi precisamente na véspera do dia da mãe, que o novo membro da família chegou às nossas vidas! O seu nome é Zippy e completa no dia 1 do próximo mês, 3 mesinhos. Foi a surpresa (assim meio combinada entre mim e o Super “J”), para a pequena “M” me oferecer no dia da mãe! Bem, tenho que confessar, eu nunca tive animais domésticos, à exceção duns passaritos ou uns peixinhos, porque o Super Pai entendia que animais de 4 patas dentro de apartamentos, não era uma boa combinação. Depois de ter a minha própria casa, esse pensamento manteve-se, talvez um pouco influenciado por tudo o que ouvi ao longo dos anos, até que a Super mana, à cerca de 1 ano recebeu na sua casa, um gato, o “Charlie” e a partir daí…ahhhh…o meu desejo de abrir as portas da minha casa a um animal doméstico aumentou! O meu Super sobrinho “P”, aguçou-me ainda mais a ideia, ao falar-me duma loja que para além de dar gatinhos bebés para adoção, ainda ofereciam uma série de coisas, como comida e descontos nas consultas do veterinário…prontos…foi um click que se fez no meu cérebro e nunca mais consegui parar de pensar no assunto! Falei com o babe e combinámos que o iriamos buscar no fim semana do dia da mãe! Fomos mesmo…e agora saltando um bocadinho algumas partes da história, deixem-me dizer-vos, que abençoadas sejam as pessoas que gostam de animais, porque minhas amigas, eu não poderia nunca imaginar a lealdade, amizade e companhia que um animal de 4 patas traz às nossas vidas! Mas tem mais…se me contassem, eu talvez duvidasse, mas posso falar na primeira pessoa e confessar que o meu instinto maternal voltou à tona…verdade verdadinha, e podem até chamar-me de doida que eu não me importo nada, mas toda a preocupação, ansiedade e instinto de proteção que se tem para com os filhos, eu estou a sentir isso tudo em relação ao gato!

 

É absurdo? Epá, talvez seja, mas eu não me importo nada do que possam pensar! Ver no gatinho a alegria que sente quando chegamos a casa, a forma como ele me pede festas e mimos, o aconchego dos meus braços ou do meu colo que ele pede para adormecer…bem, é indiscritível a sensação! Adormeço com o seu ronronar e acordo muitas vezes a meio da noite com ele a lamber-me as mão ou a cara! Lealdade? Ahhhh…essa, apenas a encontrei na forma mais pura com o meu Zippy!

 

Tenho um gato e adoro! {#emotions_dlg.heart}

Estou...:
tags:
publicado por Sem voltar atrás... às 14:37

link do post | Falem... | ver comentários (2) | favorito
|
Quarta-feira, 9 de Maio de 2012

Há que ser discreto!

 

{#emotions_dlg.blink}

Estou...:
publicado por Sem voltar atrás... às 16:37

link do post | Falem... | favorito
|
Terça-feira, 8 de Maio de 2012

A subtil diferença...

"Depois de algum tempo aprende-se a diferença, a subtil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma....e aceita -se que não importa quão boa seja uma pessoa, em determinado momento ela vai-nos ferir e nós precisamos aprender a perdoá-la por isso!”

 

(Shakespeare)

 



 

Estou...:
publicado por Sem voltar atrás... às 14:51

link do post | Falem... | ver comentários (2) | favorito
|
Sexta-feira, 4 de Maio de 2012

Um dia...ahhhh...hoje é o dia!!!

Estou...:
publicado por Sem voltar atrás... às 13:23

link do post | Falem... | favorito
|

.Eu vivo... Sinceramente eu vivo! Quem sou eu? Bem, isso já é pedir demais...

.pesquisar

 

.Junho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Portas abertas...

. Vidas em suspenso...

. Manuel de sobrevivência p...

. Francamente cansada...

. O MILAGRE DA VIDA - Parte...

. O MILAGRE DA VIDA - Parte...

. Em contagem decrescente.....

. O MILAGRE DA VIDA - Parte...

. O MILAGRE DA VIDA - Parte...

. FILHOS DA MADRUGADA

. Momento zen do dia...

.Sinais do tempo...

. Junho 2017

. Maio 2017

. Janeiro 2017

. Abril 2016

. Fevereiro 2015

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

.Contagem